Presidiários fazem festa com auxílio emergencial e contratam até prostitutas

Um vídeo que viralizou nas redes sociais mostra presidiários da penitenciária de Pedrinhas, no Maranhão, ostentando bebidas caras e prostitutas de luxo com o dinheiro do auxílio emergencial pago pelo Governo Federal.
No vídeo os presos mostram várias garrafas de uísques importados, além de 4 garotas de programas que tiveram acesso à cela por meio da visita íntima.

Nas imagens também é possível ver um dos presos mostrando um celular com o saldo de R$1.200 na tela do aplicativo Caixa Tem.

Além de ostentarem com um benefício ao qual não têm direito, os presidiários ainda ofenderam o presidente da república chamando-o de otário e vagabundo.

A Secretaria de Segurança de São Luis já teve acesso as imagens e irá investigar o caso.